BMW R1150GS
New Orleans no Carnaval
vista por Maria Isabel, leitora do site, viajante, e constante colaboradora em nossas paginas.

Aguarde que a pagina leva alguns mintos para carregar todas as fotos.

Visite tambem a pagina San Diego feita pela Isabel.

 

MARDI GRAS - O CARNAVAL DE NEW ORLEANS
Mardi Grass
Multidao na Canal St. aguardando os desfiles.

A pergunta que todos me fizeram quando eu estava la: "O carnaval do Brasil e parecido com o nosso?" me levou diretamente a uma comparacao.

Talvez nao exista outro carnaval tao parecido e ao mesmo tempo tao diferente do carnaval do Brasil como o carnaval de New Orleans, principalmente se comparado ao do Nordeste.

E uma verdadeira multidao brincando pelas ruas, camelos que se espalham por toda a cidade; muitas pessoas, mas muitas mesmo, bebendo algumas diferentes misturas alcoolicas, degustando a excelente comida local, assistindo a shows particulares de exibicionistas solitarios, curtindo musica, assistindo desfile de carros, liberando seus sentimentos e uma energia sem fim que comeca bem cedo do dia e se estende noite adentro. Esta e a essencia do carnaval do Brasil e esta e a essencia do carnaval de New Orleans.

Mas o que ha de diferente, entao?! O carnaval de New Orleans e unico nos Estados Unidos e, a exemplo dos carnavais europeus desde os seculos passados, as pessoas usam mascaras; praticamente todos que desfilam nos carros alegoricos e muitos dos que estao nas ruas. Sao mascaras diferentes das nossas (No Brasil, com excecao de uma cidade, cujos folioes sao "mascarados e caretas", nao se tem conhecimento de outro carnaval identico).

Os carros alegoricos distribuem, digo, jogam milhares de beads - um colar de bolinhas plasticas, confeccionados em diferentes tamanhos e cores brilhantes. As cores-simbolo do Mardi Gras sao verde, amarelo e roxo, simbolizando fe, poder e justica, respectivamente. Tambem das sacadas as pessoas se divertem e divertem o publico passante jogando beads (dica: nao caia na tentacao de compra-los, a nao ser que voce queira algum muito especial; nao faca como eu, marinheiro de primeira viagem, que me emocionei logo na chegada e sai comprando beads e entao logo em seguida me dei conta que se consegue muitos beads for free).Outros brindes sao jogados, mas a vedete sao os beads. O maior objetivo e uma das maiores diversoes consiste em tentar pegar o maior numero possivel destes colares. E divertido ver e participar da multidao adulta tentando apanhar muitos beads, que nao possuem valor algum, mas, como criancas, querem pega-los pelo simples fato de mostrar quem consegue mais; e tambem porque e dado de graca, claro! A coluna enverga e o pescoco doi devido ao peso, mas e um "orgulho" exibir muitos beads.

A musica tambem e diferente. Jazz e a marca registrada de New Orleans e os Blues, muito apreciados. Mas eles desenvolveram um ritmo diferente tocado mais especialmente em Mardi Gras: e uma mistura incrivel que tem a influencia creole direta (creole e a mistura de franceses com negros). E um som energetico, divertido e gostoso mixando diversos ritmos e instrumentos, incluindo a gaita; lembra bem de leve o nosso samba, pois da para sacudir as cadeiras e os ombros num passo parecido, mas nao da para comparar realmente.

Mardi Gras, que significa a terca-feira gorda de carnaval, traduzida do frances, e mesmo o ultimo dia de carnaval que encerra uma festa que comecou em torno de 15 dias antes. Esta festa considerada a maior festa popular gratuita dos Estados Unidos, e talvez do mundo (Gratuita? Eu diria nem tanto, pois nao ha periodo mais caro para se ir a New Orleans) comeca muito antes, ja em janeiro, dependendo do calendario de cada ano, indo num crescente ate seu encerramento. Os quatro ultimos dias sao reservados para os maiores e mais importantes desfiles, os mais ricos carros alegoricos e o maior numero de bandas marciais. Ah, sim, isto e um detalhe muito particular do Mardi Gras: as bandas nao sao de musicas para dancar, mas sao de bandas marciais que podem ser de escolas publicas, da policia, dos militares, da guarda-maritima e sempre acompanhadas de cheerleaders - aquelas meninas imitando bailarinas que sempre acompanham as bandas com diferentes coreografias. Para nos, brasileiros, tao acostumados a dancar no carnaval, isto soa um pouco estranho. Carnaval sem danca parece nao ser carnaval, mas Mardi Gras em New Orleans e tao especial que danca nao chega a fazer falta. Ate porque se pode faze-lo nos lugares onde esta acontecendo algum show espontaneo.

Voce conseguiu ver a diferenca, ou as diferencas? Sao poucas e marcantes.

Mas a cidade de New Orleans nao e so isso. Se voce nao curte o carnaval, ou se quer ao mesmo tempo conhecer um pouco mais a cidade, ha muito para se ver e fazer por la. New Orleans e festa o ano inteiro. E sinonimo de musica, de noite festiva, de boemia.

O French Quarter e o bairro que reune o maior numero de bons restaurantes, bares, musica, shows e arquitetura. Um passeio a pe ou de carruagem (US$ 10.00/pessoa) neste bairro para apreciar a belissima arquitetura dos predios antigos, fara voce se sentir na Europa - a proposito N.O. e tida como a cidade mais europeia dos Estados Unidos.

Voce pode curtir a House of Blues - o nome ja diz tudo -, na Decatur St. No romantico Cafe du Monde, nessa mesma avenida, voce saboreia um delicioso cafe acompanhado de algo como um donuts muito famoso, que se chama beignet, e atras desse mesmo local podem ainda ser apreciados shows de bandas e musicos locais, gratuitamente. Para experimentar frutos do mar no estilo creole & cajun voce deve ir ao Felix's Restaurante, na Bourbon St. - peca ostras a Rockefeler e Bienville, voce nunca mais vais esquecer. No Cafe Pontalba, na Saint. Charles St. com Saint Peter, voce pode provar um Cajun Combination, que reune Jambalaya, Gumbo e outras especialidades.O que e isso? Voce tem que ir la e descobrir por si mesmo.

Ainda no French Quarter voce pode comer, ou tentar comer, um super sanduiche que tem o nome de Muffuletta, a base de diversos embutidos, azeitonas e alguma coisa mais nao identificavel, num enorme e delicioso pao redondo. Se voce nao e um comilao convicto, nao se acanhe em pedir so a metade que, neste caso e US$ 5.00. O original voce encontra na Central Grocery Co., na Decatur St.

O Hurricane, uma tradicional bebida a base de rum, suco de frutas e outros venenos, pode ser encontrado em todos os bares, mas NAO compre nos "bares camelos", pois as misturas sao meio-falsificadas. Para aqueles que gostam de cafe com liquor e outras "cachacas" mais, esta reservado o Cafe Jamaicano, encontrado nas boas casa do ramo.

Os que gostam de muita companhia, alegria e fervo, devem ir ate a Bourbon St., onde, a noite, nao se consegue nem andar, tal e a aglomeracao de pessoas; e os amantes de antiguidades - aqueles a quem Deus deu bom gosto e muito dinheiro - devem se dirigir a Royal St., especializada nesta atividade.

Uma foto a moda antiga (na St. Ann St, por US$ 14.00 em media) fara voce se sentir no passado tornando ainda mais divertida a sua estada em N.O.

O passeio de trolley pelo Riverfront pode nao ser o mais interessante, mas certamente e uma facilidade para levar voce de downtown ate o French Quarter por US$ 1.25 quando voce ja estiver cansado. Este trecho e mais ou menos oito quadras.

Voce pode tentar a sorte num cassino (ha um no centro da cidade), mas nao se emocione ou nao tera dinheiro para distribuir pelas ruas como forma de agradecer os momentos emocionantes ou hilarios proporcionados pelos muitos shows individuais que terao lugar em todas as esquinas e pracas. A proposito, a praca na frente da Catedral, no coracao do French Quarter, e o lugar apropriado para ver como anda a sua sorte na leitura da mao ou taro, fazer uma pintura no rosto (em torno de US$ 10.00), fazer massagem, comprar quadros de pintores desconhecidos e outras artes, fazer a sua engracada caricatura, ver dezenas de shows se desenvolvendo ao mesmo tempo, ou simplesmente para observar a uma enorme multiplicidade de pessoas que por ali passa.

Num passeio de barco paddlewheeler no Rio Mississipe (US$ 11.00 a 15.00) pela manha voce podera apreciar o fog que vem do rio em direcao a cidade deixando suas magens e adjacencias cobertas de um veu transparente tornando-a ainda mais romantica.

Passeie, observe, deslumbre-se, explore, coma, beba, escute, delicie-se, romanceie. Esta e New Orleans e este e o French Quater, na minha opiniao um dos melhores lugares na Terra para se curtir a vida em sua plenitude.

Quando voce conseguir sair dai va ate a Canal St - a principal no centro da cidade - com a Carandole St e pegue o Street Car, o mais antigo trolley em uso continuo no mundo desde sua instalacao em 1893, para um passeio pela St. Charles St., idade e volta de 2 horas por US$ 2.50. Voce ainda pode descer e passear pelo District Garden, onde mansoes e jardins deslumbrantes se espalham por todo o bairro fazendo voce se perder em sonho e encantamento.

Enquanto estiver esperando o desfile na Cabal St., va ate o Popeys e peca o prato Creole Chicken Etouffee (US$ 5.00 com o refrigerante); e a melhor opcao para restabelecer a energia de qualquer humano.

Em final de fevereiro a temperatura e muito agradavel - em torno de 20C, mas as estatisticas informam que outubro e perfeito por ter sol durante todo o mes.

Para o carnaval ha que se levar em conta o preco de tudo que tem um aumento consideravel, assim como o trafego que e intenso desde o aeroporto (distante 30min do centro da cidade). Faca a reserva com uns dois meses de antecedencia, ou mais, para nao correr o risco de so conseguir hotel em outra cidade proxima, o que vai encarecer ainda mais seu orcamento.

Se o hotel nao oferecer traslado, o preco de shuttle oficial do aeroporto ate o centro e US$ 10.00. O cab, a noite, e coisa rara alem de fazer valer a lei da oferta e da procura.

Jazz e Blues, substanciosa comida creole & cajun, French Quarter, passeio de barco pelo Rio Mississipe e passeio de trolley pela St. Charles St.), sao programas imperdiveis.

E ainda tem mais, pois eu mesma nao consegui fazer tudo.

Brasileiro? Nao vi nenhum, mas certamente havia mais algum perdido - ou bem achado por la, como eu. O Mardi Gras de 2002 sera no dia 12 de fevereiro. Programe-se, porque eu ja estou de malas prontas para o proximo.

MARIA ISABEL MARTINS

03-03-2001

Canal St. "The Day After", 9h da manha. O fog visto ao fundo vem do rio. Canal de New Orleans
Romantico passeio de carruagem em dia de chuva. Carruagem com cavalos
Vista da Praca Principal do French Quarter a partir do passeio pelo Rio Mississipe, fog. Muito romantica, nao? New Orleans e carruagem
Interior do Cassino na Canal St. Um luxo! cassino in New Orleans
A Catedral St. Louis, imponente em meio ao fog matinal. Catedral of New Orleans
Desfile das Cheerleaders acompanhando os floats. Mardi Gras
Os primeiros carros alegoricos (floats) do dia. Mardi Gras in New Orleans
Beads para o povo. Pegue-os! Folia a noite
Um simples exemplo das mansoes da Saint Charles St. Sao muitas. St. Charles St. Home
Eu sou aquela Colombina... Maria Isabel
Isto e Mardi Gras! Mascaras de Carnaval
Voce me conhece?! Maria Isabel
Tai a prova cabal de que o carnaval deles e feito com bandas marciais. Believe it or not! (e ainda assim e divertido!). Banda do Mardi Gras
"Loose Woman". A autora deste roteiro em tempos de Mardi Gras, numa outra epoca. Old New Orleans
addlewheeler, o gostoso passeio de barco em meio ao fog da manha. Paddle Wheel
Ganhei muito beads, mas nao precisei levantar a blusa (a tradicao e: quando te dao um bead, voce tem que levantar a blusa e mostrar os seios, mas nao vi nem um caso desses por la dessa vez). Maria Isabel
Vista da Praca, com o predio de apartamentos mais antigo dos Estados Unidos na esquina; ao fundo, o centro da Cidade. Prace centro
A chuvarada deixou a praca em frente a Igreja ainda mais parisiense e mais bonita ao entardecer. Praca de New Orleans
Um entre os muitos shows durante o dia. Show na praca de new Orleans
O Trolley que faz a linha Riverfront, quase na margem do rio. River Trolley
Companhia e que nao falta... Rua no centro
O povo aglomerado nas muitas sacadas do French Quarter: mais uma forma de divertir e divertir-se. Sacadas de New Orleans
Stree Car, o trolley mais antigo do mundo em continuo uso desde sua instalacao em 1893. St. Charless Street Car